Seguidores

31 de outubro de 2012

Capela de adoração eucarística perpétua junto a clínica de abortos será inaugurada nos EUA


- Um grupo de ativistas pró-vida  no estado de Oklahoma (Estados Unidos) planejam abrir em breve uma capela de adoração eucarística permanente, localizada-se a só uns metros de uma clínica de abortos.
“Estamos a 20 pés (7 metros) dos abortistas. Nós vamos colocar letreiros nas janelas que digam ‘Grávida? Precisa de ajuda? Venha aqui”, explica ao grupoACI Imprensa o sacerdote M. Price Oswalt, líder do projeto.
O Padre Price expressa ademais sua esperança de que a capela ajude a pôr “fim ao aborto através da reflexão orante e dos distintos meios de oração. É o maior dos bens (a Eucaristia) junto ao maior dos males (o aborto). O bem triunfará”.
O sacerdote, que é reitor do Santuário Nacional do Menino Jesus de Praga em Oklahoma, liderou este projeto com a ajuda da Holy Innocents Foundation (Fundação dos Santos Inocentes). A capela estará localizada ao lado da clínica de abortos Outpatient Services for Women.
O Pe. Price recordou que as mulheres que pensam em abortar precisam de ajuda: “na maioria das vezes essas mulheres estão em crise e realmente não sabem o que querem e por isso muitas vezes são empurradas ao aborto”.
A capela terá capacidade para albergar 50 pessoas. Ela contará com uma imagem da Virgem e outra de Santa Gianna Beretta Molla, uma santa italiana que ofereceu sua vida para que pudesse nascer o filho que esperava, e quem o sacerdote chamou de “moderna mártir da maternidade”.
O Padre respondeu às críticas que afirmam que a capela gerará nas mulheres que procuram o aborto um sentimento de culpa. “Uma capela pode ajudar a que o inconsciente se faça consciente. Quando você está na presença de Deus, o Espírito Santo obra em você. Ele ajuda que você se faça responsável pelo que for. (Se alguém se sentir culpado) deve saber que há esperança e que pode haver reconciliação com Deus”.
O projeto teve sua origem em uma capela de adoração eucarística perpétua na arquidiocese de Santa Fe, um projeto promovido pelo Padre Stephen Imbarrato.
Embora os recursos para a capela não provenham da arquidiocese, os líderes da iniciativa contam com a autorização do Arcebispo Paul Coakley que presidirá a dedicação do templo.

Fonte: http://www.alexchaves.com.br

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º