Seguidores

28 de janeiro de 2013

Em luto Igreja no Brasil mostra solidariedade às vítimas do incêndio em Santa Maria (RS)


Imagem: CNBB
 
Após um incêndio ocorrido em uma casa noturna da cidade de Santa Maria (RS), que deixou um trágico saldo de 233 mortos e centenas de feridos, alguns deles em estado grave, bispos brasileiros e católicos de todo o país manifestaram solidariedade e proximidade espiritual às vítimas e seus familiares através de notas de imprensa, campanhas de oração e postagens nas redes sociais. A maioria das vítimas eram jovens universitários.

Segundo informou o jornal o Estado de São Paulo, uma fagulha de um show pirotécnico realizado dentro da boate Kiss entrou no sistema de exaustão causando o fogo que atingiu o teto do salão fazendo que as chamas se espalhassem rapidamente. O comandante-geral do Corpo de Bombeiros gaúcho, Cel. Guido Pedroso de Melo disse ao jornal paulistano que o Plano de Prevenção de Combate a Incêndio da Kiss estava vencido desde agosto. A casa também não tinha saída de emergência: só havia um local de acesso, que funcionava como entrada e saída. Assim, afirma a nota do Estado, a existência de “uma única porta, saída não sinalizada, escuridão, fumaça, falta de orientação e pânico aumentaram a tragédia na boate Kiss”. Os bloqueios no caminho fizeram com que 90% das 233 vítimas morressem por asfixia enquanto tentavam escapar.

Durante o domingo, o Cardeal Raymundo Damasceno Assis, presidente da Conferência Nacional dos bispos do Brasil emitiu uma nota no site da entidade unido-se ao arcebispo de Santa Maria (RS), Dom Hélio Adelar Rupert, manifestando solidariedade às famílias das vítimas.

Por sua parte, Dom Rupert, em nota oficial, escreveu aos fiéis: “Como Igreja de Santa Maria lastimamos este acidente e manifestamos a nossa solidariedade às famílias e a toda a sociedade. Não se perca a esperança: olhemos para Jesus Cristo, fonte da vida, o nosso Salvador. Oramos pelos falecidos e seus familiares e toda a sociedade que sofre esta tragédia”.

Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro e presidente do Comitê Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude, enviou mensagem ao arcebispo de Santa Maria, Dom Hélio Rupert, afirmando que milhares jovens cariocas realizaram uma vigília na Catedral para rezar pelos falecidos, familiares e amigos das vítimas.

“A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, a Coordenação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013 e o Regional Leste 1 da CNBB rezam pelos falecidos, como pelos hospitalizados e os que estão trabalhando com afinco para minorar a dor de todos, como também pelo consolo dos amigos e familiares das vítimas”, escreveu também Dom Orani.

Por sua parte, Dom Odilo Pedro Scherer, Cardeal Arcebispo de São Paulo, pediu ao clero de sua Arquidiocese que celebrem missas em intenção das vítimas do incêndio. Em sua nota de pesar, expressou sua solidariedade e recordou que “a tristeza aumenta com a constatação de que a tragédia foi consequência de uma série de erros e omissões, certamente evitáveis, se tivessem sido observadas as normas de segurança prescritas”.

“Em nome da Arquidiocese de São Paulo, apresento as mais sinceras condolências aos familiares e parentes das vítimas dessa dolorosa tragédia. Elevo orações a Deus pelos jovens que perderam tão prematuramente suas vidas, por aqueles que ficaram feridos e por seus familiares, que vivem este momento com profunda dor e consternação. Rogo a Deus que os conforte!”, afirma ainda a nota de Dom Odilo.

Dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, junto com os bispos auxiliares da diocese também manifestam solidariedade aos pais, familiares e amigos das jovens vítimas do incêndio em Santa Maria unido-se em oração ao arcebispo Hélio Adelar Rupert.
“Que Nossa Senhora da Piedade cubra com seu manto de amor os pais e familiares destes jovens, nesse momento de dor e sofrimento enchendo os corações de esperança e fé”.

No Santuário Nacional de Aparecida também recordou-se a tragédia com missas e orações. Aos pés da Imagem da Padroeira do Brasil foi colocada uma vela e a mensagem “Oremos pelos jovens de Santa Maria (RS)”, enquanto eram mostradas pelos monitores internos através da TV Aparecida, que transmitia a missa ao vivo, imagens do velório dos falecidos unindo ainda mais os peregrinos no Santuário na oração pelos falecidos e hospitalizados.

No facebook foi criado o fanpage “SANTA MARIA- Ajudando as vítimas do desastre na boate Kiss em Santa Maria”, que conta com mais de 1100 membros, onde estão sendo postados os pedidos de ajuda e manifestações de solidariedade e proximidade às vítimas e seus familiares.

Entre as manifestações nesta rede social estão postagens como as de Mary, que diz: “Mais do que nunca agora é momento de unirmos as nossas preces e suplicarmos a Deus que dê força, coragem e sabedoria a todos que estão trabalhando no resgate de vítimas e apoio aos familiares. Nosso pensamento está com vocês. Força e coragem!”.

Já a usuário Ivana escrevia: “oremos, oração é um dos melhores presentes que podemos dar a alguém, pois ninguém melhor que Deus para fazer algo por estas famílias!”

Já o twitter da Jornada Mundial da Juventude 2013 (@jmj_pt) dizia ontem às 19h “Rezemos pelas vítimas de #SantaMaria e por seus familiares” e “JMJ Rio2013: Unidos em oração e solidariedade pela tragédia em Santa Maria http://po.st/EFNORi

Já a conta da Arquidiocese do Rio (@ARQRIO), sede da próxima JMJ dizia:

“Multidão reza pelas vítimas de Santa Maria na Santa Missa http://instagr.am/p/U_0k6bgOG7/  http://fb.me/GNXOpxt8


Fonte: http://www.acidigital.com

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º