Seguidores

25 de janeiro de 2011

E quando não sabemos que rumo tomar?

Hoje tantas situações nos deixam inseguros, um turbilhão de opiniões e de sentimentos turva a nossa visão, a imaturidade nos persegue e o pior é quando tomamos uma decisão errada. Estes dias encontrei uma pessoa que infelizmente tomou uma decisão errada, penso que precipitada, levada pelos sentimentos e pelos momentos de crise. Ela chorava por ter tomado uma decisão e hoje esta arcando com as conseqüências deste ato. Lembro de uma frase do Dom Alberto Taveira: Em crise não se toma nenhuma decisão. É preciso deixar a poeira das emoções, das vozes das possibilidades cessarem, não se deixar levar pelas facilidades, é preciso fazer as contas, medir, discernir, escutar, racionalizar e rezar e dar os passos que se conseque dar. Grandes decisões exigem tempo, discernimento e muita oração.





“O homem que conhece a vontade de Deus é habitado pela Sua Palavra”. Verinha, CN.











Salmo 1











Feliz o homem que não procede conforme o conselho dos ímpios, não trilha o caminho dos pecadores, nem se assenta entre os escarnecedores.

Feliz aquele que se compraz no serviço do Senhor e medita sua lei dia e noite.

Ele é como a árvore plantada na margem das águas correntes:

dá fruto na época própria, sua folhagem não murchará jamais. Tudo o que empreende, prospera.

Os ímpios não são assim! Mas são como a palha que o vento leva.

Por isso não suportarão o juízo, nem permanecerão os pecadores na assembléia dos justos.

Porque o Senhor vela pelo caminho dos justos, ao passo que o dos ímpios leva à perdição.



O que é uma pessoa ímpia? Ímpio é o adjectivo dado a uma pessoa que não tem fé, incrédula, ateísta, infiel. É preciso acreditar.



Eclesiástico 30, 15-20





Olha que hoje ponho diante de ti a vida com o bem, e a morte com o mal.

Mando-te hoje que ames o Senhor, teu Deus, que andes em seus caminhos, observes seus mandamentos, suas leis e seus preceitos, para que vivas e te multipliques, e que o Senhor, teu Deus, te abençoe na terra em que vais entrar para possuí-la.

Se, porém, o teu coração se afastar, se não obedeceres e se te deixares seduzir para te prostrares diante de outros deuses e adorá-los,

eu te declaro neste dia: perecereis seguramente e não prolongareis os vossos dias na terra em que ides entrar para possuí-la, ao passar o Jordão.

Tomo hoje por testemunhas o céu e a terra contra vós: ponho diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição.

Escolhe, pois, a vida, para que vivas com a I tua posteridade,

amando o Senhor, teu Deus, obedecendo à sua voz e permanecendo unido a ele.

Porque é esta a tua vida e a longevidade dos teus dias na terra que o Senhor jurou dar a Abraão, Isaac e Jacó, teus pais.





É preciso ter discernimento: Faculdade de discernir, julgar as coisas clara e sensatamente, tino critério, juízo, apreciação, analisar. Penetrar na profundidade, ter sagacidade e perspicácia.





Miquéias 6, 1-9





Ouvi o que diz o Senhor: Vamos, advoga tua causa diante das montanhas, ouçam as colinas a tua voz!

Ouvi montanhas, o processo do Senhor, e vós, fundamentos perenes da terra.



Porque o Senhor entrou em juízo com seu povo, ele vai pleitear com Israel:

Povo meu, que te fiz, ou em que te contristei? Responde-me.

Fiz-te sair do Egito, livrei-te da escravidão, e mandei diante de ti Moisés, Aarão e Maria.

Povo meu, lembra-te dos desígnios de Balac, rei de Moab, e a resposta que lhe deu Balaão, filho de Beor;

lembra-te (da etapa) entre Setim e Gálgala, para reconheceres os benefícios do Senhor.

Com que me apresentarei diante do Senhor, e me prostrarei diante do Deus soberano?

Irei à sua presença com holocaustos e novilhos de um ano?

Agradar-se-á, porventura, o Senhor com milhares de carneiros, ou com milhões de torrentes de óleo?

Sacrificar-lhe-ei pela minha maldade o meu primogênito, o fruto de minhas entranhas por meus próprios pecados?

Já te foi dito ó homem, o que convém o que o Senhor reclama de ti: que pratiques a justiça,

que ames a bondade, e que antes com humildade diante do teu Deus.

A voz do Senhor eleva-se contra a cidade – é sabedoria temer o vosso nome.

Ouve tribo: ouve assembléia da cidade.











Escutar a Deus, os acontecimentos, as pessoas experientes e de confiança, lendo nos fatos e nas situações o que é melhor. Escutar. Saber ouvir e distinguir o essencial, o mais necessário com humildade.











João 3, 1-17





Havia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus.

Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és um Mestre vindo de Deus. Ninguém pode fazer esses milagres que fazes se Deus não estiver com ele.

Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus.

Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez?



Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus.



Para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna.

Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele.











Necessário vos é nascer de novo, uma vida nova no Espírito Santo.











* Pense bem, não se precipite, tenha fé, busque o discernimento, escute Deus, reze e confie no Senhor, pois Ele agirá!





Espera no Senhor e sê forte! Fortifique-se o teu coração e espera no Senhor! Sl 26, 14











Minha benção fraterna+





Padre Luizinho,

Missionário Canção Nova.

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º