VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/rcccamocim

23 de fevereiro de 2018

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2018

Leia com bastante atenção a mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2018, um tempo favorável à reconciliação e ao crescimento espiritual.

Amados irmãos e irmãs!

Mais uma vez vamos encontrar-nos com a Páscoa do Senhor! Todos os anos, com a finalidade de nos preparar para ela, Deus na sua providência oferece-nos a Quaresma, «sinal sacramental da nossa conversão», que anuncia e torna possível voltar ao Senhor de todo o coração e com toda a nossa vida. Com a presente mensagem desejo, este ano também, ajudar toda a Igreja a viver, neste tempo de graça, com alegria e verdade; faço-o deixando-me inspirar pela seguinte afirmação de Jesus, que aparece no evangelho de Mateus: «Porque se multiplicará a iniquidade, vai resfriar o amor de muitos» (24, 12). Esta frase situa-se no discurso que trata do fim dos tempos, pronunciado em Jerusalém,

no Monte das Oliveiras, precisamente onde terá início a paixão do Senhor. Dando resposta a uma pergunta dos discípulos, Jesus anuncia uma grande tribulação e descreve a situação em que poderia encontrar-se a comunidade dos crentes: à vista de fenómenos espaventosos, alguns falsos profetas enganarão a muitos, a ponto de ameaçar apagar-se, nos corações, o amor que é o centro de todo o Evangelho.

Os falsos profetas


Escutemos este trecho, interrogando-nos sobre as formas que assumem os falsos profetas? Uns assemelham-se a «encantadores de serpentes», ou seja, aproveitam-se das emoções humanas para escravizar as pessoas e levá-las para onde eles querem. Quantos filhos de Deus acabam encandeados pelas adulações dum prazer de poucos instantes que se confunde com a felicidade! Quantos homens e mulheres vivem fascinados pela ilusão do dinheiro, quando este, na realidade, os torna escravos do lucro ou de interesses mesquinhos! Quantos vivem pensando que se bastam a si mesmos e caem vítimas da solidão!

Outros falsos profetas são aqueles «charlatães» que oferecem soluções simples e imediatas para todas as aflições, mas são remédios que se mostram completamente ineficazes: a quantos jovens se oferece o falso remédio da droga, de relações passageiras, de lucros fáceis mas desonestos! Quantos acabam enredados numa vida completamente virtual, onde as relações parecem mais simples e ágeis, mas depois revelam-se dramaticamente sem sentido! Estes impostores, ao mesmo tempo que oferecem coisas sem valor, tiram aquilo que é mais precioso como a dignidade, a liberdade e a capacidade de amar. É o engano da vaidade, que nos leva a fazer a figura de pavões para, depois, nos precipitar no ridículo; e, do ridículo, não se volta atrás. Não nos admiremos! Desde sempre o demónio, que é «mentiroso e pai da mentira» (Jo 8, 44), apresenta o mal como bem e o falso como verdadeiro, para confundir o coração do homem. Por isso, cada um de nós é chamado a discernir, no seu coração, e verificar se está ameaçado pelas mentiras destes falsos profetas. É preciso aprender a não se deter no nível imediato, superficial, mas reconhecer o que deixa dentro de nós um rasto bom e mais duradouro, porque vem de Deus e visa verdadeiramente o nosso bem.

Um coração frio


Na Divina Comédia, ao descrever o Inferno, Dante Alighieri imagina o diabo sentado num trono de gelo; habita no gelo do amor sufocado. Interroguemo-nos então: Como se resfria o amor em nós? Quais são os sinais indicadores de que o amor corre o risco de se apagar em nós? O que apaga o amor é, antes de mais nada, a ganância do dinheiro, «raiz de todos os males» (1 Tm 6, 10); depois dela, vem a recusa de Deus e, consequentemente, de encontrar consolação n'Ele, preferindo a nossa desolação ao conforto da sua Palavra e dos Sacramentos. Tudo isto se permuta em violência que se abate sobre quantos são considerados uma ameaça para as nossas «certezas»: o bebé nascituro, o idoso doente, o hóspede de passagem, o estrangeiro, mas também o próximo que não corresponde às nossas expetativas.

A própria criação é testemunha silenciosa deste resfriamento do amor: a terra está envenenada por resíduos lançados por negligência e por interesses; os mares, também eles poluídos, devem infelizmente guardar os despojos de tantos náufragos das migrações forçadas; os céus – que, nos desígnios de Deus, cantam a sua glória – são sulcados por máquinas que fazem chover instrumentos de morte. E o amor resfria-se também nas nossas comunidades: na Exortação apostólica Evangelii gaudium procurei descrever os sinais mais evidentes desta falta de amor. São eles a assedia egoísta, o pessimismo estéril, a tentação de se isolar empenhando-se em contínuas guerras fratricidas, a mentalidade mundana que induz a ocupar-se apenas do que dá nas vistas, reduzindo assim o ardor missionário.

Que fazer?


Se porventura detectamos, no nosso íntimo e ao nosso redor, os sinais acabados de descrever, saibamos que, a par do remédio por vezes amargo da verdade, a Igreja, nossa mãe e mestra, nos oferece, neste tempo de Quaresma, o remédio doce da oração, da esmola e do jejum. Dedicando mais tempo à oração, possibilitamos ao nosso coração descobrir as mentiras secretas, com que nos enganamos a nós mesmos, para procurar finalmente a consolação em Deus. Ele é nosso Pai e quer para nós a vida.

A prática da esmola liberta-nos da ganância e ajuda-nos a descobrir que o outro é nosso irmão: aquilo que possuo, nunca é só meu. Como gostaria que a esmola se tornasse um verdadeiro estilo de vida para todos! Como gostaria que, como cristãos, seguíssemos o exemplo dos Apóstolos e víssemos, na possibilidade de partilhar com os outros os nossos bens, um testemunho concreto da comunhão que vivemos na Igreja. A este propósito, faço minhas as palavras exortativas de São Paulo aos Coríntios, quando os convidava a tomar parte na coleta para a comunidade de Jerusalém: «Isto é o que vos convém» (2 Cor 8, 10). Isto vale de modo especial na Quaresma, durante a qual muitos organismos recolhem coletas a favor das Igrejas e populações em dificuldade. Mas como gostaria também que no nosso relacionamento diário, perante cada irmão que nos pede ajuda, pensássemos: aqui está um apelo da Providência divina. Cada esmola é uma ocasião de tomar parte na Providência de Deus para com os seus filhos; e, se hoje Ele Se serve de mim para ajudar um irmão, como deixará amanhã de prover também às minhas necessidades, Ele que nunca Se deixa vencer em generosidade?

Por fim, o jejum tira força à nossa violência, desarma-nos, constituindo uma importante ocasião de crescimento. Por um lado, permite-nos experimentar o que sentem quantos não possuem sequer o mínimo necessário, provando dia a dia as mordeduras da fome. Por outro, expressa a condição do nosso espírito, faminto de bondade e sedento da vida de Deus. O jejum desperta-nos, torna-nos mais atentos a Deus e ao próximo, reanima a vontade de obedecer a Deus, o único que sacia a nossa fome.

Gostaria que a minha voz ultrapassasse as fronteiras da Igreja Católica, alcançando a todos vós, homens e mulheres de boa vontade, abertos à escuta de Deus. Se vos aflige, como a nós, a difusão da iniquidade no mundo, se vos preocupa o gelo que paralisa os corações e a ação, se vedes esmorecer o sentido da humanidade comum, uni-vos a nós para invocar juntos a Deus, jejuar juntos e, juntamente conosco, dar o que puderdes para ajudar os irmãos!

O fogo da Páscoa


Convido, sobretudo os membros da Igreja, a empreender com ardor o caminho da Quaresma, apoiados na esmola, no jejum e na oração. Se por vezes parece apagar-se em muitos corações o amor, este não se apaga no coração de Deus! Ele sempre nos dá novas ocasiões, para podermos recomeçar a amar. Ocasião propícia será, também este ano, a iniciativa «24 horas para o Senhor», que convida a celebrar o sacramento da Reconciliação num contexto de adoração eucarística.

Em 2018, aquela terá lugar nos dias 9 e 10 de março – uma sexta-feira e um sábado –, inspirando -se nestas palavras do Salmo 130: «Em Ti, encontramos o perdão» (v. 4). Em cada diocese, pelo menos uma igreja ficará aberta durante 24 horas consecutivas, oferecendo a possibilidade de adoração e da confissão sacramental. Na noite de Páscoa, reviveremos o sugestivo rito de acender o círio pascal: a luz, tirada do «lume novo», pouco a pouco expulsará a escuridão e iluminará a assembleia litúrgica. «A luz de Cristo, gloriosamente ressuscitado, nos dissipe as trevas do coração e do espírito», para que todos possamos reviver a experiência dos discípulos de Emaús: ouvir a palavra do Senhor e alimentar-nos do Pão Eucarístico permitirá que o nosso coração volte a inflamar-se de fé, esperança e amor. Abençoo-vos de coração e rezo por vós. Não vos esqueçais de rezar por mim.

Vaticano, 1 de Novembro de 2017 Solenidade de Todos os Santos

FRANCISCO

Fonte: Portal da RCC Brasil (www.rccbrasil.org.br)

Por Ministério de Comunicação Social (Camocim/CE)
RCC - Diocese de Tianguá

20 de fevereiro de 2018

Projeto ABRAÇO DO PAI

A Renovação Carismática Católica continua se preparando para a ação de lançamento do Projeto ABRAÇO DO PAI, uma grande ação social e espiritual promovida por seu Ministério de Promoção Humana. A ação acontecerá nos dia 03 e 04 de Março, na comunidade do Pantanal. 

Para a tarde do sábado (dia 03 de Março), o movimento se programa para fazer visitas domiciliares, levando a Palavra de Deus e tomando contanto com as realidades da comunidade a ser alcançada pelo Projeto. Já na manhã do domingo (04 de Março) deverão ser realizados atendimentos sociais, estéticos e espirituais, além de um momento comunitário de louvor e de oração. 

Para o bom êxito da campanha, a RCC está angariando doações em alimentos e roupas, a fim de distribuir entre as famílias mais necessitadas da referida região.

As doações poderão ser feitas nos Grupos de Oração da Renovação Carismática Católica de Camocim, ou na Secretaria da Paróquia Bom Jesus dos Navegantes (de segunda a sexta-feira, no horário comercial), ou ainda na Coordenação do evento, localizada na Rua Independência, nº 635 A. 

A Renovação Carismática também está levantando nomes de voluntários que queriam servir na manhã do domingo (04 de Março), tais como profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, educadores físicos, terapeutas...), profissionais de estética (manicure, cabeleireiro, barbeiro...) e outros voluntários para auxiliar na organização das atividades. Os interessados devem procurar a Coordenação do Evento, através dos contatos (88) 9 9928-9796 ou (88) 9 9902-4016 (Falar com Laís).

Por Ministério de Comunicação Social (Camocim/CE)
RCC - Diocese de Tianguá

19 de fevereiro de 2018

Experiência de Oração: mais um encontro de muitas graças para você!

Você gostou do RENOVAR? Lembra que lá dizíamos que aquela festa não acabaria na quarta-feira de cinzas? Pensando nisso, estaremos realizando no próximo final de semana uma EXPERIÊNCIA DE ORAÇÃO, mais um abençoado momento de graças na presença de Deus e dos irmãos.

Esperamos você na Igreja de São Pedro, no sábado (dia 24), às 19 horas. No domingo (dia 25), o encontro acontecerá de 8h às 12h30 e de 15h às 19h, encerrando com a Santa Missa. Ah, a entrada é totalmente gratuita.
Maiores informações com a Coordenação do Grupo de Oração Renascer: Daniele (99260-3145) ou Francisca (99931-6780).

Já estamos em oração suplicando ao Senhor que complete em cada um de nós a obra começada.

Deus te abençoe! E até sábado, hein!?

Com carinho,
Os irmãos da Renovação Carismática Católica (Camocim/CE)

18 de fevereiro de 2018

CARTA À RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO BRASIL

“Eis que estou à porta e bato” (Ap 3, 20)
Doc. 06/2018

Vitória /ES, 15 de fevereiro de 2018.

Amados irmãos e irmãs da família Carismática do Brasil!

O nosso Encontro Nacional de Formação (ENF) de 2018, no Centro de Evangelização na Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), foi uma chuva de graças sobre a família carismática do Brasil, com momentos de aprendizado, partilha, oração, louvor e muita alegria! Estamos entrando num tempo de primavera na Renovação Carismática Católica, em um tempo todo novo, conforme promessa de Deus durante o Ano Jubilar Mundial.

Em nosso ENF experimentamos um poderoso Pentecostes que certamente atingirá toda a nação brasileira. Com a inspiração que está em Apocalipse 3, 20, ouvimos Jesus nos dizer: “Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e me abrir a porta, entrarei em sua casa e cearemos, eu com ele e ele comigo”. Com esta Palavra, que é o tema da RCCBRASIL para 2018, o Senhor nos mostra que está bem perto de nós e aguarda nossa decisão de abrirmos o nosso coração inteiramente a Ele, à sua Palavra, aos seus ensinamentos. Ele bate à porta em busca de uma profunda comunhão conosco em vista da nossa salvação.

Fundamental é não adiar a resposta que Jesus aguarda de cada um de nós. Ainda que a casa não esteja bem arrumada, limpa e com os problemas corrigidos como gostaríamos, visto que este é um momento único da graça de Deus. O necessário para abrir a porta de nosso coração é a esperança, pois é a partir de um coração aberto para Jesus Cristo que cada um de nós vive o milagre do Reino de Deus, já aqui na terra, e experimenta a esperança da realização eterna.

“A virtude da esperança responde à aspiração de felicidade colocada por Deus no coração de todo homem; assume as esperanças que inspiram as atividades dos homens; purifica-as, ordenando-as ao Reino dos Céus; protege contra o desânimo; dá alento em todo esmorecimento; dilata o coração na expectativa da bem-aventurança eterna. O impulso da esperança preserva do egoísmo e conduz à felicidade da caridade” (Catecismo da Igreja Católica, §1818).

“... E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Rm 5, 5). E foi assim que nos sentimos no ENF 2018, muito amados por Deus! A Ele toda a honra e toda a glória!

Entramos também na segunda etapa do triênio preparatório para o Jubileu de 50 anos da RCCBRASIL, quando estaremos vivenciando a ação que é característica fundamental da pessoa que foi verdadeiramente batizada no Espírito Santo: A CONVERSÃO SINCERA. A igreja nos ensina, em seu Catecismo, número 1699, que “... a vida no Espírito realiza a vocação do Homem”, isto é, o Homem se torna inteiro, plenamente feliz e verdadeiramente livre se vive no Espírito, segundo o Espírito Santo.

Neste ano em que a Igreja do Brasil celebra o ano do laicato, a Renovação Carismática Católica propõe a seus membros que deem testemunho da Efusão do Espírito Santo, a partir de uma vida transformada, a partir de um testemunho autêntico de “vida no Espírito”, para com isso serem “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5, 13-14).

Entramos no tempo quaresmal, que é um tempo de intensa conversão ao Cristo que nos ama, quando somos convidados a revisão de nossa vida, no desejo de superar aquilo que não está de acordo com o que Jesus nos pede e nos ensinou.

Nos próximos dias do mês de fevereiro de 2018, a Renovação Carismática Católica do mundo celebra os seus 51 anos. Este é um tempo pós-jubilar em que o Senhor faz promessas, contudo também aguarda de nós uma nova postura, uma nova atitude. Recordamos aqui a palavra profética de Patti Gallagher Mansfield, que nos indicou três atitudes que o Senhor espera de nós: docilidade, obediência e fé.

Que possamos todos dizer como Nossa Senhora: “Faça-se em mim segundo a Tua palavra” (Lc 1, 38).

Que Deus abençoe a todos nessa caminhada rumo à vontade do Pai!

Abraços fraternos,

Katia Roldi Zavaris
Presidente do Conselho Nacional da RCCBRASIL

17 de fevereiro de 2018

Campanha MISERICÓRDIA EM AÇÃO!

A Renovação Carismática Católica, através do seu Ministério de Promoção Humana, juntamente com a Paroquia Senhor Bom Jesus dos Navegantes, realizará nos dias 3 e 4 de março, na comunidade do Pantanal, o Projeto O Abraço do Pai, uma ação social e evangelizadora que tem como objetivo promover a pessoa humana.

A ação contará com parcerias de entidades públicas, de instituições privadas, de profissionais voluntários e com outras pessoas que se sentirem tocadas pelo amor de Deus a ajudar famílias daquela comunidade.
Para a realização do evento, a Renovação Carismática Católica lança a campanha MISERICÓRDIA EM AÇÃO, com o intuito de arrecadar alimentos, roupas, lençóis e outras doações que vão ao encontro das necessidades daqueles que sofrem a dor da fome e da exclusão social.

Veja onde as doações poderão ser feitas:
- nos Grupos de Oração da Renovação Carismática Católica de Camocim;
- ou na Secretaria da Paróquia Bom Jesus dos Navegantes (de segunda a sexta-feira, no horário comercial);
- ou na Coordenação do evento, localizada na Rua Independência, nº 635 A.

Maiores informações pelos telefones (88) 99902-4016 ou (88) 3621-2019.

"Deus Pai quer abraçar a todos!" E que Ele abençoe a todos pela generosidade!

Ministério Promoção Humana – Renovação Carismática Católica de Camocim

16 de fevereiro de 2018

RCC promove EXPERIÊNCIA DE ORAÇÃO em Camocim

A Renovação Carismática Católica promoverá em Camocim uma EXPERIÊNCIA DE ORAÇÃO, evento que marca o processo de iniciação no movimento. O encontro acontecerá na Igreja de São Pedro, nas seguintes datas e horários:
- Sábado, dia 24/02, das 19h às 21h30;
- Domingo, dia 25/02, de 8h às 12h30 e de 15h às 19h,
- Encerramento com a Santa Missa das 19h.

Maiores informações nos Grupos de Oração ou com as Coordenadoras do evento:
- Daniele (Grupo de Oração RENASCER): (88) 9 9260-3145;
- Francisca (Ministério de Pregação): (88) 9 9931-6780.

Venha experimentar as maravilhosas graças que o Senhor tem para você!

"Crescei na graça e no conhecimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo." (II Pe 3,18)

14 de fevereiro de 2018

RENOVAR - Um grande derramamento de bênçãos para o povo de Deus

O RENOVAR – A FESTA QUE NÃO ACABA NA QUARTA-FEIRA DE CINZAS - foi um grande derramamento de bênção para a Igreja Católica de Camocim! Nos quatro dias (10 a 13 de fevereiro), centenas de pessoas passaram pela Escola Coronel Libório, saboreando da misericórdia de Deus e testemunhando o Seu poder.
Entre pregações, louvores, momentos de oração e grande espaço para o convívio fraterno, o Senhor foi manifestando a Sua graça, proporcionando o entendimento e a vivência das temáticas “Retornai ao primeiro amor!” (Ap 2,4) e “Eis que estou à porta e bato” (Ap 3,20a).
Como ponto alto de cada um dos dias do evento, a Santa Missa coroava as mais diversas experiências vivenciadas ao longo do dia. Nas noites, a alegria e o fervor eram testemunhados nas adorações ao Santíssimo Sacramento e nos shows com Bandas Católicas e com o Ministério de Música da RCC local.
As graças alcançaram não apenas o público adulto, mas também crianças, através do RENOVAR Kids, um evento paralelo preparado com muito zelo e que levou a Palavra de Deus aos pequeninos. Ao final do encontro, o contentamento estampado em cada rosto atestava as maravilhas realizadas pelo Senhor no meio do Seu povo.
Lembramos que toda a graça vivenciada no RENOVAR é cultivada em cada Grupo de Oração da Renovação Carismática, momentos oportunos para alimentar a chama viva do Espírito Santo. Veja no topo de nossa página a lista de nossos Grupos de Oração e participe!

Por: Ministério de Comunicação Social
RCC - Diocese de Tianguá.