Seguidores

10 de agosto de 2011

No cotidiano do namoro são naturais as surpresas indesejáveis

No cotidiano do namoro são naturais as surpresas indesejáveis

Amar é uma decisão que começa no momento em que você se decide a se doar por aquele por quem você se encantou. No começo do namoro tudo é bonito, mas quando o encantamento passa, o sentimento passa a ser mais sério. Com isso também começam a despontar, junto com as qualidades, aquelas características que para o outro podem significar “defeitos”.
O mais importante, no relacionamento entre os namorados, é ter um propósito definido: “Para que estou namorando?”, “O que desejo para esta pessoa com quem estou me relacionando?”, “Quais são as coisas que preciso mudar para fazê-la (lo) feliz ao meu lado?”.
Ainda assim, no cotidiano da vida dos namorados são naturais as surpresas indesejáveis. Diante delas, a nossa primeira reação, muitas vezes, é nos desviarmos do caminho, recuarmos ou lamuriarmos sobre o ocorrido. Nesses momentos, é mais fácil pensar em abandonar o compromisso ou simplesmente deixar a situação como está… Mas a lição proposta pela vida é a de sempre conquistarmos alguns passos à frente na caminhada que estamos trilhando.
Junto com todos os nossos propósitos, cabe também a eterna disposição para enfrentarmos os desafios próprios de um relacionamento que nos direciona e amadurece para o casamento.

Fonte: www.cancaonova.com

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º