Seguidores

26 de janeiro de 2012

Dois padres são sequestrados no Sudão


Milícias de muçulmanos que apoiam o governo sudanês sequestraram dois padres católicos na cidade de Rabak, segundo informações de cristãos que vivem na região.
Um grande caminhão destruiu as portas da Igreja Católica Santa Josefina, em Bakhita, há 260 km ao sul de Cartum no dia 15 de janeiro às 10 horas da manhã. O reverendo Joseph Makwey e o reverendo Sylvester Mogga foram sequestrados por homens armados durante a invasão.
Quatro dias depois do sequestro, no dia 19 de janeiro, os sequestradores obrigaram os líderes cristãos para que chamasse o bispo auxiliar da igreja para que eles pudessem enviar o pedido de resgate pelos dois padres. Eles pediram 500 mil libras sudanesas para libertar os reféns.
O bispo auxiliar, Daniel Adwork, disse ao Compass que ele não tinha comunicação direta com os sequestradores nem com os líderes cristãos, mas disse que os padres estavam sendo muito maltratados pelos criminosos que cuidavam do cativeiro.
O incidente causou pânico e trouxe temor entre os cristãos que vivem em Rabak. Todos estão com muito medo do que podem acontecer com os dois padres e também com o que acontecerá depois, pois não sabem quem poderá ser o próximo alvo das milícias islâmicas.
Os cristãos que vivem no Sudão têm enfrentado crescentes ameaças vindas das comunidades muçulmanas e também das autoridades islâmicas do país, que desejam eliminar o cristianismo do país, segundo informações dadas por alguns líderes cristãos sudaneses.
Ore pela vida do reverendo Joseph Makwey e o reverendo Sylvester Mogga, que foram sequestrados e ainda não foram libertados. Ore para que Deus possa proteger a vida deles durante esse tempo em que estão em cativeiro e que em breve eles possa ser libertos.

Fonte: http://www.lagoinha.com/

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º