Seguidores

31 de janeiro de 2012

Mais um bispo anglicano entra na Igreja Católica

Bispo angilicano Robert Mercer adere ao catololicismo

 
Robert Mercer, que durante dez anos foi bispo anglicano em Zimbábue e liderou por 17 anos a Igreja Anglicana Tradicional no Canadá, foi recebido neste sábado na Igreja Católica durante cerimônia presidida pelo ordinário Keith Newton, outro ex-bispo anglicano.
Mercer foi recebido como católico no ordinariato de Nossa Senhora de Walsingham, criado no ano passado pelo Papa Bento XVI para acolher os ex-anglicanos que querem manter aspectos de sua liturgia e tradições.
A cerimônia de crisma em St. Agatha, Portsmouth, foi  presidida pelo ordinário Keith Newton, quem até pouco era bispo anglicano de Richborough e agora é o líder dos ex-anglicanos britânicos. Em declarações ao ENInews, Mercer tinha falado sobre sua conversão e como "durante 400 anos as Igrejas católica e anglicana falaram de forma bastante estéril sobre reconciliar-se. "Agora isto está acontecendo. Irei até a Roma assim que o Vaticano me permita", afirmou.
Mercer, que foi recebido como leigo na Igreja Católica, afirmou que o Papa Bento XVI "é um revolucionário e o que está fazendo é revolucionário. Isto é a conclusão lógica do Movimento de Oxford do século XIX". Ao mesmo tempo, lamentou que no anglicanismo tenha se difundido um "feminismo extremista que converte a Deus em uma figura materna e a Jesus em uma filha; estão fazendo uma rebelião contra a tradição cristã universal".
O site Religiónenlibertad.com destacou que em cinco anos, oito bispos anglicanos entraram na Igreja Católica. "É um fato insólito que nunca aconteceu antes (…). Trata-se de pastores com grandes conhecimentos de história e de teologia e com um anseio missionário e evangelizador. "Pelo contrário, não se conhece nenhum caso de bispos católicos que tenham se tornado anglicanos ou episcopalianos, exceto os que se submeteram a Henrique VIII em seu cisma há 5 séculos: quase todos os da Inglaterra, exceto São João Fisher, que morreu mártir decapitado por sua oposição", acrescentou.

Fonte: http://www.domtotal.com/

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º