Seguidores

14 de fevereiro de 2012

Movimento Carismático quer gerenciar rede de informação da CNBB

A Rede de Informática da Igreja no Brasil (RIIBRA), começará a ser implantada este ano, com diversas iniciativas que aos poucos serão desenvolvidas e divulgadas. Padre Clóvis Andrade de Melo, responsável pelo projeto, leva à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil sua experiência no campo como membro da Comunidade Canção Nova (Movimento Carismático).
Para ele, “o uso das novas tecnologias vai gerar comunhão, mútua colaboração e acima de tudo, como pediu o Papa, vai evangelizar”. Pe. Clovis: “Meu trabalho aqui é para articular a criação da RIIBRA, vou ajudar na parte de promoção de uma expressão maior da Igreja nas redes sociais, nos sites, blogs... além de promover uma integração interna da Igreja, uma integração com a sociedade, atendendo ao pedido do Papa de evangelizar os novos meios de comunicação. Na Canção Nova já tinha um trabalho parecido, e com minha experiência estarei ajudando aqui, com a ajuda da providência de Deus”.
A RIIBRA é um projeto da Igreja no Brasil em comunhão com o Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais e o Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), juntamente com a Rede de Informática da Igreja na América Latina (RIIAL).
A proposta da RIIBRA é capacitar os sacerdotes e demais comunicadores da Igreja para utilizar bem as novas tecnologias, já existentes, na evangelização. A meta é atingir cada paróquia, comunidade, pastorais, movimentos e institutos religiosos.
Pe. Clovis explica: “Vou articular com os agentes da PASCOM de cada diocese; teremos formação concreta das novas tecnologias, para promover a mentalidade de rede interna de colaboração, por exemplo, as paróquias se ajudarem, se comunicarem, e também na parte das redes sociais, Facebook, Twitter, como criar um blog, como alimentar um blog, como aproveitar as ferramentas para articular as pastorais, por exemplo os catequistas, a formação. O trabalho será bem concreto neste sentido.” 

Fonte: http://www.domtotal.com/

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º