Seguidores

27 de fevereiro de 2012

Papa postará uma mensagem por dia durante a Quaresma





Por 40 dias, começando na quarta-feira de Cinzas, a conta do Twitter @Pope2YouVatican disponibilizará uma mensagem do Papa Bento XVI sobre a Quaresma. Serão um por dia até a sexta-feira santa, data que finaliza este tempo litúrgico, contabilizando ao todo 40 “tweets” do Santo Padre aos fiéis.
A iniciativa partiu do dos Pontifícios Conselhos para as Comunicações Sociais e Cor Unum. Eles explicaram que a ideia do projeto é que não apenas os usuário do Tiwitter recebam diretamente as palavras do Papa em seus computadores, smartphones, e tablets, mas, sobretudo, difundam “entre seus contatos e amigos mensagens com um forte conteúdo existencial”.
O presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, Dom Claudio Maria Celli, concedeu uma entrevista recentemente à Rádio Vaticano, na qual deu mais detalhes sobre a iniciativa. “Nosso desejo era fazer que utilizando as novas tecnologias, a Mensagem do papa para a Quaresma pudesse ressoar amplamente, chegar ao coração dos jovens, e frutificar em seus corações”, explicou o prelado. Para isso, segundo ele, foram escolhidas “pequenas frases, ou ‘tweets’ como sabemos, de 140 caracteres”.
Segundo o prelado, o projeto é destinado principalmente a jovens e está intimamente ligado ao site Pope2you.net, que desde 2009 “tem como finalidade principal fazer o Papa conhecido entre os jovens”.
Conforme Dom Celli, seu dicastério crê que os jovens têm uma capacidade ressonância muito grande e vê o twitter como uma boa ferramental para fazer difundir a mensagem da Igreja, já que o “tweet” pode ser “reformulado, distribuído, relançado, espalhado”. O prelado acredita “que isto reclama a imagem do Evangelho: o pequeno grão de mostarda que espalhado no terreno produz arbustos onde também os pássaros do céu podem descansar”.
O presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais afirmou ainda que por meio do Twitter “estas palavras podem chegar ao coração de muitas pessoas, que, normalmente longínquas, talvez nunca leriam um discurso do Papa”. “É uma nova forma de estar presentes no mundo da comunicação”, asseverou.

Canal no Youtube
Durante sua entrevista à Rádio Vaticano, Dom Celli falou também sobre o canal da Santa Sé no Youtube. O prelado explicou como foi proposto esta ideia para o Papa Bento XVI e como ele a aceitou rapidamente. “É interessante como uma Papa que a primeira vista não parece midiático como o seu predecessor, o Beato João Paulo II, que é mais um Papa reservado, entendeu em seguida que a comunicação hoje em dia através das novas tecnologias pode ter uma grande ressonância”, disse.

Texto tirado de: http://paroquiansesperanca.org.br/

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º