Seguidores

31 de maio de 2012

Cardeal Tettamanzi em Milão: Encontro Mundial das Famílias será uma profecia de esperança

MILÃO, 31 Mai. 12 / 04:01 pm (ACI)

O terceiro dia do VII Encontro Mundial das Famílias abordou o tema “A família e o trabalho hoje à luz da fé”. A conferência dada pelo cardeal arcebispo emérito de Milão, Dom Dionigi Tettamanzi aprofundou estes dois valores com base na carta do papa Bento XVI “Deus Caritas Est”. 

Amanhã o Santo Padre chega à cidade para encontrar com cerca de 7 mil famílias de 150 nações que participam do Encontro. Segundo o site da Rádio Vaticano em português, mesmo com os terremotos que abalaram o norte da Itália nos últimos dias, a viagem do sumo pontífice está confirmada.

O Encontro, que teve início nesta terça-feira, 29, em Milão, na Itália, e termina no próximo domingo, dia 3 de junho, foi inaugurado com a Feira Internacional da Família. Na programação está prevista a realização de dois congressos simultâneos, o primeiro voltado para os adultos, o Congresso Teológico, e o segundo destinado para os jovens, de 3 a 17 anos. Este abordará temas como identidade, reciprocidade e responsabilidade.

A conferência dada pelo cardeal Dom Dionigi Tettamanzi, arcebispo emérito de Milão, foi proferida no Congresso Teológico. Ele ressaltou que o trabalho é fundamental para o bem da família. “Devemos descobrir a dimensão familiar do trabalho. Também o trabalho entra numa relacionalidade de amor, e o sobretudo o amor familiar, que encontra no Senhor sua fonte, seu sustento”, explicou o cardeal.

“Sem trabalho, qual família é possível? Sem trabalho ela não pode ser constituída, e se é constituída será debilitada. Hoje tem-se um desafio de solidariedade. Deve haver um maior sentido social, que cria uma maior familiaridade entre direito e dever. O Salvador santifica o trabalho através de seu próprio trabalho, por isso o nosso trabalho se torna fonte de salvação para nós e para os outros”, disse aos participantes durante a conferência.

Cerca de cinco mil voluntários trabalham no Encontro, entre eles, mil chegaram de fora da Europa para ajudar no evento. Além dos Congressos, o Encontro realiza a Campanha de Solidariedade em prol das famílias atingidas pelos terremotos que assolaram o norte da Itália nos últimos dias. Todo o dinheiro arrecadado com a venda de queijo típico italiano no evento será destinado para ajudar estas famílias.

“É um sinal de solidariedade. Queremos assegurar nossas orações e dizer a eles que estamos próximos destas famílias”, disse o cardeal arcebispo Angelo Scola à Rádio Vaticano.

Dom Scola declarou ainda que o “Encontro Mundial das Famílias será uma profecia de esperança, porque ver tanta gente, de todo o mundo, vir aqui para afirmar o valor do amor já é uma esperança de futuro".

O Papa Bento XVI concede a indulgência plenária aos católicos em qualquer lugar do mundo que rezem em família e cumpram alguns requisitos adicionais, por motivo do Encontro Mundial das Famílias que será realizado de 30 de maio a 3 de junho em Milão (Itália).

Como de costume nestas grandes celebrações, o Santo Padre concede a indulgência aos participantes do evento. A novidade esta vez está em que este dom pode ser agora obtido de qualquer parte do planeta.

A indulgência plenária poderá ser obtida por aqueles que, sem estar em Milão, unam-se espiritualmente aos fiéis nessa cidade italiana e rezem, em família, as orações Pai Nosso e o Credo, além de "outras devotas orações", especialmente quando forem transmitidas por rádio ou televisão as palavras do Papa no evento.

Fonte: http://www.acidigital.com/

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º