Seguidores

8 de maio de 2012

Projeto de lei irlandês ameaça o segredo da Confissão

 
A Igreja ordena que os sacerdotes guardem o segredo da confissão sobre os pecados confessados sacramentalmente
Dublin, quinta-feira 03 de maio de 2012 (Gaudium Press) – Uma forte contovérsia na Irlanda após o anúncio do ministro da Justiça, Igualdade e Defesa, Alan Shatter sobre a proposta do governo em punir todos aqueles que ocultarem informações sobre crimes sexuais cometidos contra crianças e pessoas em situação de vulnerabilidade, incluindo os sacerdotes que tomarem conhecimento destes crimes através do Sacramento da Penitência (Confissão).
A Associação de Sacerdotes Católicos repudiou o projeto. Segundo o Padre Sean McDonagh, membro da entidade, “os sacerdotes não vão romper o segredo da confissão por nada”.
A Igreja ordena que os sacerdotes guardem o segredo da confissão sobre os pecados confessados sacramentalmente. O Código de Direito Canônico, no Cânon 983, não permite nenhum tipo de exceção. “O segredo sacramental é inviolável, por isso é terminantemente proibido ao confessor descobrir o penitente, de palavra ou de qualquer outro modo e por nenhum motivo”.
O ministro da Justiça reiterou sua intenção de obrigar os presbíteros a revelar sua informação obtida através da confissão e qualificou as críticas como uma “distração” por parte da Igreja. O projeto que seria apresentado ao Parlamento nas próximas semanas é a segunda tentativa de legislar contra o sacramento da Penitência na Irlanda, em um ano. (LB/JS)

Texto retirado de: http://www.alexchaves.com.br

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º