Seguidores

16 de junho de 2012

Uma descoberta do século em Munique: encontradas 29 homilias inéditas de Orígenes.



Gaudium Press

Com “muita probabilidade” é “a descoberta do século” realizada por uma filóloga italiana, de 29 homilias inéditas de Orígenes na Bayerische Staatbibliothek de Munique, na Baviera, informou hoje na primeira página o jornal “L’Osservatore Romano”.
A descoberta aconteceu no dia 5 de abril passado. Na Quinta-feira Santa, durante o estudo do Monacense grego 314, Marina Molin Pradel percebeu que algumas homilias sobre os Salmos que estavam no código correspondiam às de Orígenes traduzidas para o latim por Rufino, no início do século V. Aprofundando sua pesquisa sobre o manuscrito, a estudiosa chegou à conclusão que todas as 29 homilias inseridas no código, até agora inéditas, são de Orígenes, grande filósofo e intelectual grego cristão do século III.
“A grandiosa importância da descoberta – observa Manilo Simonetti no artigo do “L’Osservatore Romano” – está no fato de que a imensa obra principalmente exegética de Orígenes, por causa da acima citada condenação, foi perdida em grande parte, e do que foi salvo, relativamente pouco chegou até nós em língua original e muito mais em tradução latina, visto que no Ocidente, apesar da condenação, se continuou a ler e utilizar os escritos de Orígenes traduzidos durante toda a Idade Média”.
Um valor emblemático da descoberta é o fato dela ter acontecido na cidade natal de Papa Bento XVI.

Fonte: http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º