Seguidores

25 de dezembro de 2009

NATAL, MOMENTO OPORTUNO PARA O EXERCÍCIO DA SOLIDARIEDADE

Celebrar o Natal é celebrar o encontro de Cristo com a nossa humanidade corrompida pelo pecado. Deus Pai se solidariza com nossas limitações e nos envia seu Filho Unigênito para que, pela entrega de Jesus Cristo, tenhamos vida em plenitude. Como seguidores de Cristo, cabe também a cada um de nós sermos solidários, indo ao encontro do nosso próximo, auxiliando-o em suas necessidades. É nesse sentido que Jesus ensinou aos seus discípulos: "Todo o que recebe esse pequenino em meu nome, é a mim que recebe; e quem recebe a mim, recebe aquele que me enviou." (cf. Lucas 9, 48)

Como comunidade católica, queremos aproveitar esse espaço virtual para também divulgar ações solidárias de nossa Igreja, por meio das diversas frentes de evangelização, mesmo que essas não sejam próprias do movimento carismático paroquial. Assim, citamos a empreitada da Ordem Franciscana Secular (da Paróquia de Camocim), que através da Coordenadora do Serviço aos Enfermos e Idosos (SEI), a Senhora Margarida Carvalho, desenvolveu uma campanha para a construção de uma casa no Bairro dos Coqueiros, visando beneficiar uma família carente. Anteriormente à campanha, a família da Senhora Maria Antonia do Nascimento, juntamente com seus dois filhos, residia em uma pequena tapera, enrolada com alguns tecidos e com um telhado improvisado. A obra, orçada em R$ 5.000,00, concedeu à família uma casa de alvenaria, com uma sala, um quarto, um banheiro e uma cozinha.
Destacaram-se também na campanha, a professa Raimunda Sales (OFS), a legionária Francisca Soares (Legião de Maria) e a formanda Carmélia Marques (OFS). Para a construção da referida residência, situada à Rua Flórida, nº 596 (Bairro dos Coqueiros), as articuladoras contaram como o apoio de comerciantes, políticos locais, lojas de material, de instituições (como o LIONS Clube), da própria Paróquia (através do apoio material, do estímulo e da confiança do Padre Evaldo) e de pessoas sensíveis a causa apresentada.

Louvamos a Deus por tal iniciativa e parabenizamos às articuladoras pela dedicação em prol dos mais necessitados. Lembramos, para tanto, uma das promessas de Jesus que assim fala: "Nem um copo d'água dado com amor, ficará em recompensa." (cf. Marcos 9, 41). Que o ato de ir ao encontro do outro seja algo constante em nossa vida, para assim testemunharmos efetivamente o amor ao próximo, distintivo dos cristão.

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º