Seguidores

9 de abril de 2012

O CRISTIANISMO E A IGREJA CATÓLICA SALVARAM A CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL

Infelizmente muitos estudantes secundários, universitários e até mesmo muitos católicos, têm uma visão totalmente deformada a respeito da Igreja Católica, sua vida e sua História. Isto acontece por causa da imagem preconceituosa que muitos professores, de várias disciplinas, especialmente História, lhes passam ou passaram. Também a mídia, cujos elementos foram formados nas mesmas universidades, é a causa de uma visão injusta, errada e negativa da Igreja.

O livro “Código da Vinci”, e o filme de mesmo nome, aumentaram em todo o mundo, ainda mais, esta visão de que a Igreja Católica é uma Instituição corrupta, perversa, que inventou a divindade de Cristo, e que sobre este mito criou uma Instituição poderosa e dominadora, e que a custa de sangue sempre se impôs ao mundo. Nada mais errado, perverso e anti-histórico.

É hora de os jovens estudantes, especialmente os católicos, conhecerem o outro lado dessa “História”. Hoje é lhes mostrado apenas as “sombras” da vida da Igreja, mas há uma má vontade imensa que encobre as luzes brilhantes de sua História de 2000 anos.

Gostaria de apresentar um pequeno resumo da grande contribuição que a Igreja Católica deu ao mundo ocidental desde a queda do Império Romano nas mãos dos bárbaros (476). Não fosse este trabalho da Igreja não teríamos a nossa civilização.

Foi a Igreja que moldou esta civilização da qual nos orgulhamos, onde se preza a liberdade, os direitos humanos, o respeito pela mulher e por cada pessoa. Sem o trabalho lento e paciente da Igreja o Ocidente não seria o mesmo.

Nossa civilização moderna foi berçada pelo Cristianismo que nos deu o milagre das ciências modernas, a saudável economia de livre mercado, a segurança das leis, a caridade como uma virtude, o esplendor da Arte e da Música, uma filosofia assentada na razão, a agricultura e a ciência, e muitos outros dons que nos fazem reconhecer em nossa civilização a mais bela e poderosa civilização da História.

E a responsável por tudo isto é a Igreja Católica, diz o historiador americano Dr. Thomas Woods, PhD de Harvard nos EUA, em seu livro: “How the Catholic Church Built Western Civilization” (Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental; Regury Publishing Inc., Washington, DC, 2005). Ele afirma que:

“Bem mais do que o povo hoje tem consciência, a Igreja Católica moldou o tipo de civilização em que vivemos e o tipo de pessoas que somos. Embora os livros textos típicos das faculdades não digam isto, a Igreja Católica foi a indispensável construtora da Civilização Ocidental. A Igreja Católica não só eliminou os costumes repugnantes do mundo antigo, como o infanticídio e os combates de gladiadores, mas, depois da queda de Roma, ela restaurou e construiu a civilização”.

Dr. Thomas traz neste seu livro uma quantidade enorme de referências de historiadores que confirmam o trabalho da Igreja na construção da civilização ocidental.

Falando do papel da Igreja nos tempos bárbaros, Chateaubriand (1960) escreveu que “os mosteiros, como espécies de fortalezas em que a civilização se abrigou sob a insígnia de algum santo... A cultura da alta inteligência conservou-se ali com a verdade filosófica que renasceu da verdade religiosa. Sem a inviolabilidade e o tempo disponível do claustro, os livros e as línguas da Antigüidade não nos teriam sido transmitidos e o elo que ligava o passado ao presente ter-se-ia rompido”.

Todos os historiadores reconhecem com unanimidade este papel da Igreja como defensora da cultura. Nos tempos bárbaros a cultura pertenceu à Igreja e somente os seus filhos se preocupavam com ela. À glória de Deus estava subordinada toda atividade da inteligência; a cultura estava submetida à religião. Imperava o latim e os estudos dos Padres e das Sagradas Escrituras.

Fonte: http://www.domluizbergonzini.com.br

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º