Seguidores

30 de abril de 2012

Político católico italiano propõe programa de governo 100 por cento pró-vida

Massimo Polledri.
REDAÇÃO CENTRAL, 30 Abr. 12 / 10:22 am (ACI/EWTN Noticias)

Massimo Polledri um político católico italiano que quer chegar a ser prefeito da conhecida cidade de Piacenza, propõe um programa de governo com critérios 100 por cento pró-vida, considerando que a vida começa com a concepção e termina com a morte natural; e que a família é aquela fundada no matrimônio entre um homem e uma mulher.

Polledri, médico de profissão especializado em neuropsiquiatria infantil, tem entre suas conquistas de 10 anos como parlamentar na Liga Norte da Itália, ter pressionado o governo italiano para que interviesse na liberação do também médico cubano, Oscar Elías Biscet, condenado a 10 anos de prisão por denunciar a realidade do aborto em Cuba.

O político italiano também liderou batalhas contra a eutanásia e baseado em uma lei sobre cuidados paliativos, defendeu a presença do crucifixo em lugares públicos e lutou pelo bem das minorias cristãs em países como Líbano, Síria e Iraque.

Polledri também combateu o uso não regulado da fecundação artificial e vai aderir se a um "Pacto pela vida e a família" defendendo os valores inegociáveis do ser humano.

O programa de governo, estabelecido em um pacto de 7 pontos, foi redigido considerando que a vida começa com a concepção e termina com a morte natural; e que só a família fundada no matrimônio entre um homem e uma mulher pode ser chamada como tal.

No primeiro ponto o político pró-vida se compromete a oferecer ajuda, junto às associações familiares, às mulheres que abortaram ou que estão pensando em abortar; também manifesta seu compromisso para com as pessoas em estado de inconsciência permanente, seu cuidado paliativo e a assistência que necessitam.

No seu programa, Polledri também oferece ajuda às pessoas com deficiência física e aos casais que desejam casar-se através de políticas que favoreçam as famílias. No pacto se rechaça ademais qualquer tentativa de equiparar outro tipo de união ao matrimônio natural.

Deste modo o programa do doutor Massimo Polledri oferece ajuda às mães solteiras e a todas as mulheres que têm que arcar sozinhas com as responsabilidades do lar, para que elas possam levar adiante a suas famílias e terem uma vida profissional; além de gerar uma política de liberdade de educação que contribui com a família.

Sobre Polledri, o ator e produtor mexicano pró-vida há, Eduardo Verástegui, assinalou que "a batalha pelo direito à vida e por nossos valores fundamentais é a mais importante de nosso tempo, porque sobre ela descansam os pilares de nossa sociedade: não há progresso e bem-estar autênticos sem o pleno respeito à liberdade de todos os seres humanos, da concepção até sua morte natural".

"Por isso quero alentar de coração o honorável Dr. Massimo Polledri a seguir propondo estes temas fundamentais em sua campanha para a prefeitura de Piacenza. Piacenza foi um farol de cultura e fé para a Itália e o mundo", assinalou também o ator e ativo membro do movimento pró-vida.

Verástegui afirma que "nós oramos pelo êxito do honorável Dr. Polledri em seu esforço por manter a ‘Primogênita’ (como se conhece a cidade de Piacenza por ter sido a primeira cidade em 1858 a solicitar sua anexação ao Reino da Itália) nesse mesmo papel (de farol de cultura e fé) no futuro".

Fonte: http://www.acidigital.com

Nenhum comentário:

Você é o visitante n.º